Casal suspeito de furtar equipamentos hospitalares avaliados em R$ 2,1 milhões é preso em SP - Negócios Hospitalares
publicidade
Busque produtos e serviços de forma mais eficiente!


Casal suspeito de furtar equipamentos hospitalares avaliados em R$ 2,1 milhões é preso em SP

Segundo a polícia, ladrões colombianos foram presos enquanto tentavam furtar celulares em um hospital na Zona Sul.


A polícia prendeu um casal suspeito de furtar equipamentos hospitalares em São Paulo. Segundo a investigação, os colombianos Maria Sanchez Tiguaque e John Alexander Anaya Sanchez participaram de pelo menos dois crimes nos últimos dias que resultaram em prejuízo de R$ 2,1 milhões.

O casal foi preso em flagrante quando tentava furtar celulares no Hospital São Paulo, na Zona Sul da capital, na tarde de quarta-feira (27).

Policiais civis do 97º Distrito Policial (DP), de Americanópolis, reconheceram a dupla pelas imagens de circuito interno do Centro Médico de Especialidades de Diadema, no ABC Paulista, e do laboratório CDB do Tatuapé, na Zona Leste.

No primeiro crime, cometido no domingo (24), o casal furtou aparelhos de endoscopia e de colonoscopia avaliados em R$ 600 mil (assista acima). O segundo furto ocorreu na noite de segunda (25). Segundo a investigação, o casal levou 16 máquinas de vídeo-colonoscopia e de vídeo-gastroscopia avaliados em R$ 1,5 milhão.

Questionados sobre os equipamentos, eles se negaram a dizer aonde os levaram. Policiais de Diadema e do Tatuapé suspeitam que os aparelhos possam ter sido retirados do país, mas continua as buscas.

Agentes do 30º DP, no Tatuapé, conseguiram na Justiça mandados de prisão temporária do casal. Na pensão onde moravam, foram encontradas bolsas, mochilas e roupas que o casal usou nos crimes.

Também foram encontradas anotações com informações dos hospitais e as estações de Metrô mais próximas deles. “Tinham a rota do crime”, disse o delegado Marco Dário.

A polícia ainda procura duas pessoas suspeitas de integrarem a quadrilha.

 

Por César Galvão, TV Globo